Histórico de edições

(206)
há 3 meses
Autor do mapa da violência lançou livro chamado "Mortes matadas por arma de fogo", portanto ele não é um mediador isento para convencer a respeito da revogação do estatuto devido ao seu
há 4 meses
Olá!Conheço a tese do Daniel. É a que, por um recorte não aleatório de um determinado estado, apenas, sugere que, a cada 1% a mais de armas em circulação, os homicídios aumentam 2%.A relação, no entanto, é completamente falsa. Já a abordei em um artigo, intitulado "Aquele 1%...". Segue o link: http://www.cepedes.org/2017/03/aquele-1.html[FR]´s
há 4 meses
Olá! Conheço a tese do Daniel. É a que, por um recorte não aleatório de um determinado estado, apenas, sugere que, a cada 1% a mais de armas em circulação, os homicídios aumentam 2%. A relação, no
há 4 meses
Olá! Conheço a tese do Daniel. É a que, por um recorte não aleatório de um determinado estado, apenas, sugere que, a cada 1% a mais de armas em circulação, os homicídios aumentam 2%. A relação, no
há 5 meses
Recomendou o documento O Inconstitucional Combate ao Crime
há 5 meses
há 5 meses
há 6 meses
Os dados anteriores ao estatuto mostram que a taxa de homicídios crescia mais rapidamente. O estatuto desacelerou o crescimento dos homicídios. Ou seja, o argumento acima é falacioso, ele mostra um
há 6 meses
As projeções utilizadas no Mapa da Violência e, subsequentemente, no Atlas para respaldar essa alegação são estatisticamente vergonhosas, valendo-se de uma metodologia absurda, que não se assenta em
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Fabricio Rebelo

Entrar em contato